Livros e leituras

Acreditar ou não, muda você

Please log in or register to do it.

Será que o mundo que você vê é o mesmo que os outros veem? As coisas que você percebe continuam existindo quando você fecha os olhos? A sua forma de entender a realidade é a única possível?

Essas são questões filosóficas que intrigam muitas pessoas, mas que não vamos abordar aqui. Neste site, vamos partir de um pressuposto básico: existe uma realidade objetiva, que não depende das nossas opiniões, sentimentos ou crenças. Um mundo que já estava aqui antes de nós e que continuará aqui depois de nós.

Isso significa que não importa se você acredita ou não na existência de Deus, por exemplo. A existência de Deus é um fato que não se altera pela sua fé ou pela sua descrença. O mesmo vale para qualquer outro aspecto da realidade: as coisas são como são, independentemente de como nós as percebemos.

É claro que a nossa percepção é limitada e parcial. Nós só podemos conhecer o mundo a partir da nossa perspectiva humana, que é influenciada pela nossa cultura, educação, valores, etc. Mas isso não significa que não possamos buscar um conhecimento mais amplo, profundo e preciso da realidade.

Para isso, nos propomos a investigar o mundo através de métodos rigorosos, observações sistemáticas e experimentos controlados. O método científico nos permite descobrir as leis da natureza, que são princípios universais e constantes que regem os fenômenos naturais. As leis da natureza nos dão certezas sobre como o mundo funciona.

A partir dessas certezas, podemos construir conceitos claros e distintos sobre a realidade, como o que é verdadeiro, o que é certo, o que é bom, etc. Esses conceitos nos ajudam a compreender melhor o mundo e a nossa existência, de forma mais objetiva e racional.

Não pretendemos ter a última palavra sobre a realidade. Sabemos que o conhecimento humano é sempre provisório e sujeito a revisões. Estamos abertos ao diálogo e à crítica. Queremos aprender com você e com todos que se interessam pelo assunto.

Você pode concordar ou discordar do nosso pressuposto básico. Você pode aceitar ou rejeitar as nossas ideias. Você tem o direito de pensar por si mesmo. Mas lembre-se: a realidade não muda porque você pensa de um jeito ou de outro. O que muda é a sua forma de se relacionar com a realidade. Ou com Deus.

Você prefere perder ou vencer? A resposta pode surpreender você
Ela bateu na minha porta e saiu correndo